Header Ads

Header ADS

MEC antecipa recursos para complementar salário de professores

Repasse da complementação do Fundeb será antecipado para nove estados, entre eles Amazonas, Pará e Maranhão


O governo federal vai antecipar o repasse da complementação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação (Fundeb) para os nove estados e para os municípios que recebem ajuda da União, para pagamento dos salários dos professores.

Está previsto em lei que a União deve complementar a integralização do pagamento do piso salarial do magistério, nos casos em que o estado não tenha disponibilidade orçamentária para cumprir o valor fixado. Os recursos antecipados se referem ao exercício de 2016 e totalizam R$ 1,25 bilhão. O crédito estará disponível nas contas locais, até a próxima quinta-feira (29).


Os estados que recebem reforço da União para pagamento do piso são: Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco e Piauí. O maior valor será depositado para o Maranhão, que deve receber esta semana mais de R$ 312 milhões. Para 2017 o valor repassado para os estados e municípios será de R$ 1,29 bilhão, dividido em parcelas mensais a serem depositadas até o último dia de cada mês.


Ao anunciar as medidas, o ministro da Educação, Mendonça Filho, afirmou também que o reajuste do piso salarial deve ser definido, até a segunda semana de janeiro de 2017. O piso atual é de R$ 2.135, 64.
*Com informações da Agência Brasil

Confira ainda, no Repórter Amazônia desta terça-feira (27): - Estoque de bolsas de sangue no Tocantins está em baixa; - Especialistas recomendam planejamento de finanças para evitar gastos desnecessários em época de crise financeira. E mais: - Começa a montagem da estrutura para a festa de Réveillon em São Luís (MA).


O Repórter Amazônia é uma produção da Rede de Rádios Públicas da Amazônia e vai ao ar, de segunda a sexta-feira, às 18h30 pela Rádio Nacional da Amazônia

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.