Header Ads


NO COMBATE À CORRUPÇÃO: EM BOM JARDIM JUIZ CONDENA E BLOQUEIA BENS DE EX- PREFEITO ANTONIO ROQUE PORTELA DE ARAÚJO

      
O Poder Judiciário vem mostrando que não dará espaço para a corrupção predominar no território bomjardinense, dia 31 de julho de 2017, a pedido do Ministério Publico Estadual, o Juiz da Comarca de Bom Jardim –MA, Raphael Leite Guedes, condenou o ex prefeito ANTONIO ROQUE PORTELA DE ARAUJO, a devolver aos cofres do município o valor de R$ 3.141.020,00 referente a dois convênios que o ex-prefeito não prestou contas.

No processo n° 1045/2017, a ação condenatória, ampara-se no principio que o ex-prefeito Roque cometeu irregularidades na prestação de contas do Convênio nº 537/2007/SES celebrado com o Governo do Estado, através da Secretaria Estadual de Saúde e o Município de Bom Jardim/MA, que totalizou o valor de R$ 145.000,00 (cento e quarenta e cinco mil reais), aplicando uma multa de 100 (cem) vezes o valor do salario que o Prefeito recebia na época que era R$ 14.000,00 mensais. Assim, nesta ação o ex-prefeito teve seus bens bloqueados e obrigado a devolver 1.545.000,00 (um milhão, quinhentos e quarenta e cinco mil reais) aos cofres do município de Bom Jardim.






Noutro processo de n° 1044/2017, o ex-prefeito foi condenado ao ressarcimento pelos danos provocados ao erário publico, por desviar o valor de R$ 196.020,00 (cento noventa e seis mil e vinte reais), referente à irregularidades na prestação de contas em relação ao Convênio nº 701263/2010 celebrado com o FNDE Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação o Município de Bom Jardim/MA, onde desta feita foi condenado a devolver quantia de R$ 1.596.020,00 (um milhão, quinhentos e noventa e seis mil e vinte reais) e mais a bloqueio dos seus bens para garantir o pagamento do valor.                             


Vale lembrar que o ex-prefeito Roque Portela já teve seus direitos políticos suspensos por ato de improbidade administrativa.


http://www.paulomontel.com/2017/05/oex-prefeito-antonio-roque-portela-de.html  E agora teve mais essas condenações de bloqueio de bens e devolução de recursos publico, parece que o sonho de ser candidato a deputado Federal, está cada vez mais longe, mas um famoso escritório de advocacia do Estado do Maranhão não tem medido esforços regularizar a situação do seu cliente perante a justiça eleitoral.                                                                                               

 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.