Header Ads


MARANHÃO: TRE acaba de cassar mandato de Prefeita e Vice-prefeito de Santa Luzia

Francilene Paixão de Queiroz, ex-prefeita de Santa Luzia acaba de sofrer um duro golpe. Na tarde desta quinta-feira (08) o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA) deu continuidade ao julgamento da progressista que é acusada por diversos crimes eleitorais. Entre eles, captação ilícita de sufrágio, abuso de poder econômico, promessa de pagamento de contribuição sindical, doação de cesta básica e de material de construção.
Em setembro de 2017, com base no recurso eleitoral interposto pelo candidato a prefeito Airton Chagas Cavalcante, em desfavor da sentença proferida pela juíza da 70ª Zona Eleitoral, Clécia Pereira Monteiro, o Ministério Público Federal por intermédio do Procurador Regional Eleitoral Dr. Pedro Henrique Oliveira Castelo Branco, manifestou-se favorável para a cassação dos diplomas de prefeito e vice-prefeito do Município de Santa Luzia, “ Desde modo a sentença deve ser reformada para que sejam cassados os diplomas de Francilene Paixão de Queiroz e Juscelino da Cruz Filgueira Junior, bem como para que seja aplicada multa em patamar razoável a primeira”.
Na votação da sessão de ontem, o juiz Itaércio Paulino da Silva que é o relator do processo e membro efetivo do tribunal, acompanhou o parecer do ministério público e votou a favor da cassação da Prefeita de Santa Luzia. Também votou a favor o juiz Federal Wellington Cláudio Pinho de Castro e José Eduardo Leal Moreira. Contra a cassação o voto foi do desembargador Tyrone José da Silva. Na volta do julgamento, o juiz eleitoral Júlio César Praseres, que havia pedido vista do processo, acompanhou o voto do relator e confirmou a cassação imediata dos diplomas da prefeita França do Macaquinho e de seu vice-prefeito Juscelino Jr que estão inelegíveis por 8 anos. Já o juiz Gustavo Vilas Boas votou contra a cassação.






Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.