Header Ads

http://picasion.com/

Dr. MARDONY DIZ: Em relação aos fatos ocorridos nos últimos dias relacionados ao meu nome esclarecerei tudo.


Primeiro nunca agredi aquela moça e jamais faria isso, pois será feita a perícia onde será provado que essas marcas não foram feitas pelo o advogado, marcas essas que pode ter sido feitas pela própria pessoa para acusar o Pai da filha para tentar manchar a imagem e extorquir mais dinheiro, pois o jovem advogado paga o aluguel da casa onde a moça reside e paga uma mesada para ela, no entanto a mesma vivia pedindo para aumentar sua mesada, pois caso contrário iria embora para Goiânia e levaria criança, sendo que a criança é criada pelos avós paternos, o jovem que desde criança mora na cidade e nunca se quer alguém teve uma se quer reclamação de nada.
Vamos aos fatos em relação a moça acusar o advogado de querer se meter na vida dela quando ela tinha alguém, o Advogado soube que a moça estava se relacionando com Eduardo motorista, o  jovem advogado a aconselhou uma única vez que ela deveria conseguir/procurar um homem solteiro e livre, pois não queria aquela imagem para a filha dele, pois o marido/namorado querendo ou não iria conviver com a filha de ambos e que a criança não poderia passar por tal constrangimento e a mesma deveria procurar um homem “direito”.
No dia do ocorrido o Advogado recebeu a informação que esse mesmo homem estava na lá, logo no dia que a criança foi dormir com Mãe, por essa razão chamou a esposa para ir buscar a filha, ao abrir a porta a moça já veio com a criança no colo somente enrolada numa toalha, quando Dr.Mardony perguntou se ela estava praticandos atos sexuais na frente da criança e a mesma falou que não, falou que a criança estava no berço e o mesmo pediu para olhar o berço e ao entrar junto com esposa viu o berço cheio de bolsas e balões deixando claro que a criança não estava lá, e ao mesmo tempo olhou o senhor Eduardo Motorista enrolado num lençol deitado na cama, nesse momento que Dr. Mardony quis levar a criança, pois estava nítido o que estava ocorrendo ali na frente da criança e na mesma cama, fica a pergunta qual Pai deixaria uma filha numa situação dessa? Mas a senhora Valdeane começou a gritar e ameaçar o advogado falando que iria acabar com ele e iria acabar com esse “moralzinho” que ele tem se ele falasse para alguém que ela estava com homem casado na mesma cama que a filha e falando que o único a perder nessa história era Dr. Mardony, pois o mesmo era Advogado e tinha muito a perder, a essa altura a esposa de Dr. Mardony o chamou para ir embora e que pela manhã iriam buscar a criança.
Vale ressaltar que a criança é criada pelos avós paternos, somente foi dormir na casa de Valdeane em razão da avó paterno ter ido a são luis, mas era só por aquela noite e mesmo assim a senhora Valdeane não respeitou a presença da criança.
E deixando claro que a notícia que a polícia não encontrou Dr. Mardony, é mentira, os policiais compareceram na casa do Advogado e conversaram e esclareceu o ocorrido e que qualquer dúvida iria lá no outro dia esclarecer e assim fez, no outro dia que foi descobrir todo o corrido (da suposta agressão que o mesmo teria feito) por essa razão que foi esclarecer tudo em santa ines, por ter prerrogativas como ser ouvido por uma autoridade policial (delegado) terá  presença da oab e etc...

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.